Buscar
  • Rodrigo Lancia

5 Fatos para você reconhecer um relacionamento doentio


Antes de começar, eu gostaria de falar que o objetivo principal desse texto é trazer sua plena atenção e consciência para o tipo de relacionamento que você esteja ou possa estar levando. Não estou aqui para apontar dedos, mas sim para mostrar que existem sinais de que podemos estar passando por um processo de deteriorização mental, emocional e vital, inclusive. Desta forma, então, agradeço por estar nesse texto aqui comigo e espero que goste do conteúdo.


Vamos lá.

Existe uma série de estudos dentro da linha de Mindfulness e do bem estar social que falam sobre relacionamentos saudáveis, e geralmente as pessoas entendem que relacionamento saudável é aquele que a gente entra 50 a 50%, mas infelizmente não é assim não.


Quando nós entramos em um relacionamento que pretendemos entregar 50%, nós já criamos uma expectativa de que a outra pessoa também entregue 50% e ao criar essa expectativa, nós estamos caminhando pela estrada da frustração.

A frustração acontece em sua grande maioria, quase 99% não por causa de quem frustra, mas sim por causa de quem criou a expectativa em sua mente e o outro não conseguiu atender...


"Ah, mas eu gostaria tanto que fosse assim, ou que ele agisse dessa forma". Isso é expectativa que a própria pessoa cria, aposta e quebra a cara.


Uma vez dito isso, vou falar sobre o tema proposto, como reconhecer um relacionamento doentio.


1a - Algumas pessoas estão confortáveis em ter um estilo de vida passivo.

Isso significa que X pessoa espera que outras pessoas façam a vida dela acontecer. Não fazem quase nada ou absolutamente nada para criar ou até manter um relacionamento saudável.


2a - Algumas pessoas pegam mais do que dão.

Até a constelação familiar fala sobre o equilíbrio entre dar e receber. Tem gente que está acostumada a dar mais do que receber e isso gera um grande desequilíbrio. A pessoa, que muitas vezes não está acostumada a receber tanto ou até deseja receber mais entra no desequilíbrio, fazendo com que essa pessoa se beneficie mais do relacionamento do que a outra, e aí, no final, o relacionamento entrou em crise.


3a - Algumas pessoas amam o papel da vítima.

Aqui é fácil, aquela pessoa que culpa a sociedade, Deus, o Universo e até outras pessoas por não conseguir o que desejam. Aqui é o simples fato de entender que ninguém pode fazer mais pela pessoa do que ela mesma. Pegar a responsabilidade e realmente realizar todas as tarefas que estão em sua mão para o seu próprio crescimento.


4a - Algumas pessoas dependem das outras para fazer coisas que eles mesmos conseguem fazer.

O típico caso do relacionamento onde eles só conseguem ser felizes com eles mesmos. Esse tipo de dependência gera como se fosse uma pressão mutua que muitas vezes dos dois lados. Se um dos dois vacilar, os dois caem. A pessoa deve ser feliz por ela mesma! Encontrar sua própria felicidade e compartilhar sim, com o seu parceiro ou parceira.


5a - Algumas pessoas se tornam dependentes de pessoas ou processos para livrar os efeitos do que eles se comprometeram

Para exemplificar, aquele funcionário que decidiu dar todo o seu tempo para a empresa por anos e hoje não está feliz. Se sente frustrado, triste e revoltado e acaba culpando a empresa, outras pessoas e até mesmo se afundando em alcool e nas drogas.


Pois é, meus amigos, nós TEMOS que reconhecer quando um relacionamento pode estar se tornando doentio e eu gostaria de deixar aqui quatro perguntas para vocês, para que vocês se questionem, reflitam e tomem suas devidas conclusões:


1 -Você é capaz de ficar feliz ou encontrar satisfação na sua vida sem a presença de alguma certa pessoa?


2- Você enxerga um comportamento estranho ou até doente no seu companheiro ou companheira mas fica com ele mesmo assim, achando que a pessoa vai mudar em algum momento?


3 - Você está dando suporte para seu parceiro ou parceira na sua vida às custas da sua saúde mental, física ou emocional?


4 - No seu relacionamento você não tem privacidade? Seu parceiro ou parceira quer ler suas mensagens, mexer nas suas coisas, não permite você ter contato externo.

se você falou sim para alguma dessas 3 perguntas, está na hora de você se observar, observar o seu valor pessoal e até, se possível, procurar algum tipo de ajuda. Esses quatro pontos podem até parecer sinais de amor incontestável, inabalável, mas a longo prazo, vai gerar feridas.


Então é isso, deixo aqui meu abraço, se quiserem saber mais, entrem em contato, dêem um like no texto.


Beijo grande, tchau.

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo